Como Funciona o Cartão de Crédito? Como Ele Pode Ser Útil?

como funciona cartão de crédito

Se tem curiosidade em saber como funciona o cartão de crédito, este é uma espécie de dinheiro eletrônico, ou seja, o banco “paga” a sua compra à vista para o comerciante. A instituição espera por um período de 30 a 40 dias para ser ressarcido.

Se você pagar de volta tudo o que comprou no cartão, não pagará juros para o banco. O cartão de crédito também possibilita o parcelamento de compras e a participação em programas de relacionamento de vários tipos, como os programas de milhas das companhias aéreas.

O “dinheiro de plástico” é processado em determinadas bandeiras e é a instituição bancária emitente que determina a taxa de juros, tarifas e recompensas do cartão, como também o limite liberado ao cliente. Para ter um cartão de crédito, não é necessário ter conta corrente em banco. Porém, é mais comum a liberação do cartão de crédito para quem é correntista.

Existem bancos que oferecem a função crédito no cartão de débito, permitindo ao consumidor utilizar as duas funções (débito e crédito) em um único cartão. Algumas lojas também fornecem seu próprio cartão de crédito.

Taxas e juros do cartão de crédito

como funciona cartão de crédito

Como as instituições faturam com o “dinheiro de plástico”? Empresas de cartão de crédito cobram taxas de intercâmbio dos comerciantes cada vez que você usar seu cartão. Por isso, em alguns estabelecimentos, o valor da compra sai mais barato se utilizar o dinheiro em espécie.

Além disso, se não for paga a fatura inteira do cartão de crédito, o banco ou qualquer outra instituição financeira irá cobrar juros na próxima conta. Os mesmos juros podem ser aplicados quando você faz um saque do cartão de crédito, pegando um “empréstimo” do cartão.

As tarifas são cobradas em algumas situações. Por exemplo, a cada saque feito no cartão de crédito, pode ser cobrada uma tarifa. Também pode ser cobrada uma tarifa ao pagar boletos no cartão de crédito.

Outra forma de pagar para a instituição é quando você gasta mais do que o limite do cartão. Neste caso, o banco ou instituição financeira pode cobrar uma tarifa pela avaliação emergencial de crédito.

Ao fazer compras no exterior, você terá que pagar impostos e tarifas pela transação. Alguns cartões de crédito também cobram anuidade que pode ser paga de uma vez só ou parcelada.

Você sabe como é o processo do cartão?

como funciona cartão de crédito

O cartão de crédito pode ser de chip ou tarja magnética. O chip tem uma capacidade de armazenamento bem superior à da tarja, é mais seguro, pois se trata de um microprocessador capaz de criptografar dados, o que exige máquinas leitoras com um aplicativo específico para decifrá-los.

 Já a tarja magnética guarda as informações imprescindíveis para realizar as transações. Essa faixa escura cobre três linhas, cada uma composta de minúsculas barras magnetizadas, orientadas para o sul ou o norte, e um código binário, que é interpretado pelo software da máquina leitora de cartão.

O sinal chega à credenciadora. Essas empresas gerenciam o cadastro de lojas que aceitam o cartão e oferecem tanto as máquinas leitoras (ao comércio) quanto a tecnologia de chip ou tarja (aos emissores do cartão).

A credenciadora entra em contato com bandeira do cartão. É essa “marca” que determina as regras do cartão, como a quantidade de vezes em que você pode parcelar a compra. Ela também estabelece a rede de aceitação local e internacional. Por fim, a bandeira aciona o emissor do cartão que autoriza ou não a transação e “paga a conta” por você no ato da compra.

Como o cartão de crédito pode ser útil?

Resultado de imagem para cartão de crédito

Se não for bem utilizado, o cartão de crédito pode se transformar em vilão do orçamento mensal. O bom uso do meio de pagamento, no entanto, pode trazer vantagens para o bolso.

Algumas atitudes simples podem evitar a fatura alta, os juros caríssimos e a dívida descontrolada. Utilizado com planejamento e limites adequados, o cartão pode ser útil para organizar os gastos, ganhar mais produtos e milhas de viagens

Dicas:

  1. Não atrase o pagamento nem pague o mínimo do cartão de crédito
  2. Não aceite as anuidades do cartão sem argumentar. Uma simples ligação para a instituição financeira pode resultar em desconto de até 90%.
  3. Não pague tudo com o cartão de crédito. No pagamento de alguns serviços controlados ou taxas cobradas pelo governo, como água, luz e impostos, há a cobrança de juros altos para pagar a conta no cartão.
  4. Olhe o extrato do cartão e veja sua lista de gastos, principalmente se você pagar a maior parte dos gastos no cartão. Neste caso, o extrato do cartão pode servir como a “anotação” impressa dos seus gastos. Use essa lista de compras para saber para onde está indo seu dinheiro.
  5. Saiba o prazo de validade dos pontos acumulados no seu cartão. Se informe sobre a validade dos seus pontos, bem como que outros serviços o cartão oferece.
  6. Use cartão que tenha sistema de pontos gratuitos.
  7. Fuja dos cartões oferecidos por lojas. Além de muitas vezes cobrarem juros e anuidades que anulam as promoções, há outras armadilhas nos cartões.
  8. Não aumente gastos para acumular pontos. O uso inteligente do programa de pontos é aproveitar melhor os gastos que você já tem, e não usar os pontos como desculpa para abusar nas compras
  9. Compre depois do fechamento da fatura. Se informe com a operadora sobre qual a data em que a sua fatura é fechada. Em geral são cinco dias antes do vencimento. Assim, você terá mais tempo para pagar.
  10. Tenha, no máximo, três cartões de crédito. Quanto mais cartões tiver, mais difícil será o controle do orçamento.

Dica Extra: Convido você a assistir uma aula online e gratuita onde meu xará André Fogaça ensina “Como Ganhar de R$ 1 mil a R$ 5 mil por mês com dividendos”.

Mas calma, muita calma…. eu sei que essa promessa parece boa demais para ser verdade e eu nem quero você acredite nisso nesse momento.

Apenas faça sua inscrição, assista e depois me diga se o que você aprendeu faz sentido ou não. Combinado?

Clique aqui para se inscrever na aula: “Como Ganhar de R$ 1 mil a R$ 5 mil por Mês Com Dividendos”

Bons investimentos!

Ebook Grátis: Como Investir no Tesouro Direto
Como Investir Com Rendimento
  • Passo a Passo como investir
  • Qual o melhor título para investir
  • Rentabilidade de cada título
  • Prática do início ao fim
  • Um das melhores aplicações atualmente
  • Saiba porque fugir da poupança