Como Investir em Ações: 5 Erros Que Você não Deve Cometer

Dando continuidade à nossa série: Investindo em ações, trazemos mais um artigo. Desta vez, falando sobre 5 erros que você não pode cometer quando estiver fazendo o investimento.

Relembre os sete passos para começar a investir com sucesso e as cinco atitudes para não perder dinheiro bolsa de valores!

Vamos fazer um rápido apanhado?

O que é a bolsa de valores?

A bolsa de valores é nada mais é do que um mercado online. Nele, os investidores negociam, na forma de ações, vários tipos de produtos financeiros e ações empresariais de variados setores: consumo, saúde e etc.

O que são ações?

São pedaços da empresa divididos em lotes. Comprando uma ação, você se torna sócio da empresa a qual essa pertence. Quanto mais ações, maior participação societária. Gerando, assim, uma obtenção de uma maior participação nos lucros e, em alguns casos, até direito ao voto.

É arriscado?

Existem, sim, possíveis consequências negativas a serem destacadas.

Dos principais riscos de investir em ações na bolsa de valores, estão:

  • Liquidez: você pode não conseguir vender os seus ativos se comprar ações das empresas que não tem alta negociação.
  • Desvalorização da empresa escolhida: se o seu ativo obtiver um desempenho econômico negativo, os seus lucros podem cair. Esses fatos ou a expectativa ruim sobre a empresa ou cenário econômico podem fazer o seu ativo ser desvalorizado.

Dito isso, os riscos podem ser controláveis ou não-controláveis.

Vamos utilizar deste último gancho para explorar o nosso primeiro item da lista:

5 erros que você não pode cometer ao investir na bolsa de valores.

Erro #1: Não variar os investimentos.

Como Investir Em Ações

Dos riscos não-controláveis, existe a possibilidade de liquidez e desvalorização do ativo, como trouxemos ali em cima. Dito isso, podemos citar, como exemplo ilustrador, uma atitude que pode levar a um desses dois riscos a acabar com qualquer chance de retorno financeiro: investir tudo na mesma coisa.

Imagine só que uma empresa toma determinada atitude ou se envolve em polêmicas seríssimas de forma totalmente inesperada e isso leva a sua desvalorização.

Guarde este pensamento e imagine dois cenários:

  1. Em um deles, você decidiu depositar todo o seu dinheiro em ações dessa empresa;
  2. Na segunda hipótese, você comprou títulos de outras empresas de ramos diferentes e resolveu adquirir títulos do Tesouro Direto e fez uma Previdência Privada, por exemplo.

Qual desses dois cenários você acha que possui mais estabilidade e segurança para lidar com a crise da empresa em questão? Quem você acha que será menos prejudicado em tais hipóteses?

Pois é: varie os seus investimentos!

Erro #2: Excesso de confiança.

Como Investir Em Ações

Todo mundo gosta de alguém seguro e é muito comum que nos deslumbremos com pessoas de sucesso. Entretanto, no mundo das ações, da bolsa, de trades e de inconstância, é essencial não deixar as suas vitórias influenciarem o seu raciocínio analítico.

Em Finanças Comportamentais, o viés de decisão daquele que tem o feeling de mercado e facilidade em estruturar os números em sua cabeça, rendendo-lhe vitórias constantes, é chamado de “excesso de confiança”.

Esse comportamento pode levar vencedores a fazerem trades arriscados em momentos inoportunos.

Aprenda com os seus erros e sempre esteja disposto a avaliar, criar estratégias e estudar.

Erro #3: Não saber o momento de parar.

Como Investir Em Ações

Parece até bobo e está diretamente relacionado com o erro #2, mas, quando estamos e um combo de vitórias, é difícil parar.

É comum encontrar casos de pessoas que comprometeram todos os seus ativos por estarem excessivamente confiantes (dica #2) e acharem que continuarão vencendo.

Nessa realidade do mercado de ações, a dinâmica nem sempre é a mesma do nosso cotidiano, em que: “quanto mais se trabalha, mais se tem sucesso”.

Às vezes, quando estamos perdendo muito ou/e em um momento de crise, a tendência é trabalhar com volumes e investimentos maiores, aumentando a frequência e deixando de lado o apela para a racionalidade.

Não faça isso, aprenda e estude os momentos adequados.

Erro #4: Pressa em ganhar dinheiro.

Como Investir Em Ações

Essa é aquela tecla em que viemos batendo por aqui: estude! Nenhum conhecimento nasce com você e até as aptidões inatas possuem os seus limites. O aprendizado é essencial para o sucesso.

Você precisa conhecer o mercado antes de investir grandes quantias. Comece com valores módicos e vá aumentando os riscos e as cifras dos seus investimentos a medida em que você se sentir mais seguro.

A pressa em ganhar dinheiro faz com que o investidor se arrisque mais do que deve, o que pode ocasionar perdas substanciais e aversão ao mercado de ações, coibindo compras futuras que poderiam gerar excelentes retornos financeiros.

Erro #5: Falta de disciplina.

Como Investir Em Ações

Uma das dicas importantes que podemos dar aqui é a noção da necessidade em estabelecer parâmetros de perdas e ganhos, conhecidos como “stop” (“pare”, em uma tradução literal).

Para operar nesse mercado e não cair em nenhum dos erros anteriores, essa tática se mostra funcional e eficaz, reduzindo todas as problemáticas citadas, desde que respeitado.

O investidor não pode se deixar levar pela maré de vitórias que gera um grande otimismo que pode se transformar em excesso de confiança (item #2), levando-o a não saber a hora de parar (item #3).

Ao mesmo tempo em que você pode se deslumbrar, você também não pode se assustar. Estamos falando de um mercado mutável e frenético.

Portando, estude e aprenda quais são as melhores táticas e elementos que te farão ser um investidor de sucesso. Drible os erros e mantenha-se fiel às suas referências e parâmetros.

Esteja sempre preparado para lidar com as coisas que estão ao seu alcance e estude para saber como contornar as situações que você não tem o poder de mudar!

Dica Extra: Convido você a assistir uma aula online e gratuita onde meu xará André Fogaça ensina “Como Ganhar de R$ 1 mil a R$ 5 mil por mês com dividendos”.

Mas calma, muita calma…. eu sei que essa promessa parece boa demais para ser verdade e eu nem quero você acredite nisso nesse momento.

Apenas faça sua inscrição, assista e depois me diga se o que você aprendeu faz sentido ou não. Combinado?

Clique aqui para se inscrever na aula: “Como Ganhar de R$ 1 mil a R$ 5 mil por Mês Com Dividendos”

Bons investimentos!